Infoprodutor: quem é? O que faz? Como se tornar um?

Escrito por Lastlink

Escrito por Lastlink

infoprodutor-o-que-é
Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no email
Email

Como você já deve ter lido bastante por aí, a pandemia mudou nossa maneira de consumir conteúdo na internet, isso se deve a vários fatores, dentre tantos, podemos destacar o fato das pessoas ficarem mais tempo em casa, e muitas vezes com pouco entretenimento, fazendo com que elas passem mais tempo no celular consumindo conteúdo. E por mais que as normas da quarentena estejam mais frouxas, as mudanças na forma de produzir e consumir conteúdo na rede vieram para ficar.

Uma pesquisa feita pela  PwC Brasil, a Global Consumer Insights Survey 2020 mostra que “45% das pessoas passaram a usar o celular como canal de compras, desde que começou a emergência sanitária”. Esses dados nos mostram que devemos olhar com mais importância para as vendas digitais, seja qual for seu produto.

E se assim como a gente você é um entusiasta de assuntos ligados a produção de conteúdo, vendas online e tudo que envolve esse vasto universo., fica por aqui, que a conversa hoje pode te agradar!

Simbora?

O que é infoprodutor?

Já começamos deixando claro que um infoprodutor não é a mesma coisa que um blogueiro ou digital influencer. A diferença de um para outro é que um influencer são pessoas que possuem uma certa relevância, com muitas pessoas o acompanhando nas redes diariamente, influenciando o público final na tomada de decisões a respeito do conteúdo que eles oferecem.

Já os infoprodutores, são pessoas que possuem conhecimento específico sobre determinado assunto que eles dominam e a partir disso eles produzem infoprodutos, que como nós explicamos nesse artigo, podem ser books, vídeo aula, podcasts e muitos outros materiais que tem como finalidade ensinar e facilitar a vida das pessoas.

Pode-se dizer então que se uma pessoa sabe muito sobre jardinagem e decide desenvolver um ebook sobre o assunto e vender na internet, ela já pode ser considerada uma infoprodutora. Entendeu? 

De acordo com uma pesquisa feita pelo Google, em 2020 houve um aumento de 130% na procura por cursos à distância, podemos dizer que as transformações causadas pela Covid aceleraram algumas mudanças que já estavam para acontecer.

Você consegue imaginar que nos anos 2000 as pessoas estariam ganhando dinheiro vendendo conteúdo na internet? Talvez seja difícil pensar nisso, se levarmos em consideração a dificuldade que era acessar qualquer coisa através da internet discada, monitores de tela tubo e acesso quase que precário às redes.

Mas muita coisa mudou de lá pra cá (eu ouvi um amém?) e atualmente, os infoprodutores já são considerados a profissão do futuro!

3 infoprodutores referências

Para se tornar um infoprodutor é preciso entender que esse mercado além de ser bastante concorrido, exige muito profissionalismo! Afinal de contas, educar as pessoas sobre algo não é uma tarefa fácil, não é mesmo?

Também é necessário investir em estratégias que se adequem ao seu tipo de conteúdo, pensar no modo como você vai apresentar o seu conteúdo às pessoas é muito importante nesse processo!

No mercado de infoprodutores há vários profissionais que se tornaram referências no Brasil. 

1- Conrado Adolpho

Conrado abandonou sua faculdade de engenharia aeronáutica para investir no seu dom de oratória e conhecimento voltado para a área de empreendedorismo. Nascido no Rio de Janeiro, Conrado Adolpho é também uma das principais referências dos profissionais de marketing digital no Brasil. Em 2011, publicou seu livro “Os 8 P’s do Marketing Digital”, que apresenta uma metodologia de marketing seguida até os dias de hoje por diversas agências, empresas e universidades. Algum tempo depois ele lançou alguns dos primeiros infoprodutos brasileiros como: iJumper 3.0, Agência na Prática, CopySamurai, Funil Magnético, Método 8Ps do Marketing Digital, Oferta Hipnótica e muitos outros. 

2 – Camila Porto

Com cerca de 184 mil seguidores nas redes sociais, Camila Porto ajuda empreendedores no mundo digital a potencializar seus resultados, sendo conhecida como uma das maiores especialistas em Facebook do Brasil. Além de ser uma notória profissional de marketing, Camila também já escreveu livros sobre o tema e ministra cursos com uma carga horária flexível e que pode ser feito por empreendedores que não possuem muito tempo para se dedicar aos estudos, por exemplo. 

3- Erico rocha

Um dos principais precursores dos produtos digitais no mercado brasileiro, Erico Rocha é, provavelmente, o infoprodutor mais conhecido do país. Com presença recorrente em palestras sobre comunicação e marketing, Erico trouxe para o Brasil a Fórmula de Lançamento, originalmente criada por Jeff Walker, nos Estados Unidos, onde ele apresenta uma metodologia de lançamento de infoprodutos que, através de um processo planejado que, se devidamente executado ao longo de alguns meses, permite gerar um alto volume de faturamento dentro de 7 dias. 

O Brasil é rico em talento e carisma, nossa lista poderia atingir facilmente mais de 100 infoprodutores e se você quer que seu nome também esteja na lista de infoprodutores mais bem sucedidos do país, continue aqui que nós vamos passar algumas dicas super legais.

Como se tornar um infoprodutor?

Antes de mais nada, você precisa entender que um infoprodutor é um especialista que ensina outras pessoas, sendo assim, nossa primeira dica é se atentar a sua oratória, buscar uma didática que seja de fácil compreensão e sempre prestar atenção se você está conseguindo passar o seu conteúdo da maneira mais inteligível possível. Dito isso, você vai:

  • Decidir que tema vai abordar: dê preferência a um assunto que você domine, algo que você realmente saiba, pois, não adianta de nada você buscar as tendências do momento sem saber ao menos do que se trata, certo? O CONHECIMENTO É A CHAVE DO SUCESSO, nunca se esqueça disso.
  • Escolher seu público alvo ou nicho de atuação: é importante entender com quem você está falando, afinal de contas, o seu conteúdo será um infoproduto, portanto, é preciso saber quem tem interesse nele, a quem ele vai atender as necessidades.
  • Agora você já pode escolher o formato do seu infoproduto: como já citamos nesse artigo aqui, existem várias tipos de infoprodutos, o que você precisa fazer é decidir qual melhor se adequa ao seu conteúdo e seu público alvo.

    Uma vez que você definiu qual vai ser o formato do seu infoproduto, é hora de cadastrá-lo em uma plataforma e começar a vender.

Como vender seu infoproduto na Lastlink.

Na Lastlink, nossos infoprodutores têm o suporte necessário para garantir o sucesso do seus infoprodutos, isso porque, nós temos uma plataforma pensada para automatizar o gerenciamento do seu conteúdo na rede, permitindo que você receba pagamentos recorrentes (o que, convenhamos, é muito interessante) e use o nosso canal próprio, o Lastlink Feed, para compartilhar seu conteúdo com seus assinantes.

Mais do que isso, se você preferir, você ainda tem a possibilidade de usar um perfil fechado do Instagram, o Close Friends, um grupo privado no Telegram ou no Whatsapp para compartilhar seu conteúdo somente com pessoas que pagam para acompanhar o seu material exclusivo.

Sabe o que é melhor? Você não precisa se preocupar com a burocracia de adicionar membros ao seu canal ou ficar configurando áreas de membros complexas. Você apenas cadastra o seu produto, conecta o seu canal e pronto! Nós gerenciamos os seus pagamentos e adicionamos os membros automaticamente ao seu perfil fechado, Close Friends ou grupo privado no Telegram ou WhatsApp. E se, por algum motivo, algum membro cancelar a assinatura, nós também removemos ele do seu canal de forma totalmente automática.

Além de tudo, disponibilizamos métricas para que você consiga ter acesso aos seus resultados, e claro, contamos com uma equipe de especialistas que atuam no gerenciamento do seu infoproduto para te dar o melhor suporte. 


Criar e gerenciar um infoproduto não é nada fácil, mas nós descomplicamos boa parte desse processo pra você, assim você pode  focar apenas em seu conteúdo e em entregar a melhor experiência para os seus assinantes.

Não perca tempo! Clique aqui, crie sua conta e comece a vender com a Lastlink!

Compartilhar no telegram
COMPARTILHE COM [email protected] NO TELEGRAM
Compartilhar no whatsapp
COMPARTILHE COM [email protected] NO WHATSAPP

Separamos esses posts para você

Crie sua comunidade e comece a monetizar seu conteúdo!