6 dicas para melhorar o gerenciamento da sua comunidade

Escrito por Lastlink

Escrito por Lastlink

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Introdução 

Se você é um produtor ou produtora de conteúdo, sabe o quanto é necessário se dedicar para produzir materiais relevantes e com valor para os membros da sua comunidade. E na correria do dia a dia, praticamente não sobra tempo para se dedicar ao gerenciamento dela, não é mesmo?

Mas saiba que o gerenciamento da comunidade não precisa ser complicado e muito menos gastar muito tempo do seu dia. Afinal, o que realmente faz a diferença é o conteúdo que você produz e entrega para os membros ou assinantes da sua comunidade. Mas então, como otimizar o tempo e melhorar o gerenciamento de uma comunidade? É sobre isso, que vamos falar neste artigo. Acompanhe! 

Dica 1 – Defina a entrega do seu conteúdo 

O primeiro passo para melhorar o gerenciamento da sua comunidade é ter bem definida a estratégia de entrega do seu conteúdo. Para isso, é muito importante que você tenha bem claro no seu planejamento: 

Qual é o melhor conteúdo que você produz? 

Nesse ponto, é fundamental que você entenda qual é o conteúdo que as pessoas mais gostam e se interessam dentro de tudo que você produz. Por exemplo: um produtor de conteúdo do segmento fitness pode falar de treinos, métodos de disciplina, dietas entre outros assuntos. Mas pode ser que o público dele tenha muito mais interesse nas receitas fitness. Por isso, pode ser interessante criar uma comunidade ou um clube de assinaturas para oferecer apenas receitas exclusivas. 

Em qual formato você irá entregar? 

O formato é outro ponto muito importante. Pois quando temos o formato definido, fica muito mais simples desenvolver os conteúdos. Sendo assim, é fundamental que você decida qual ou quais serão os formatos que você irá utilizar em sua comunidade. O conteúdo será entregue em formato de artigo, posts, vídeos, podcast? 

Seguindo o exemplo anterior, se estamos falando de um clube de assinaturas de receitas fitness exclusivas pode ser interessante trabalhar com o formato de vídeo (onde a pessoa poderá assistir todo o passo a passo) e em formato de texto (onde ela terá a receita escrita). 

Qual a frequência de entrega?

A frequência é um fator de alinhamento muito importante de ter definido com a sua comunidade. Afinal, os membros precisam saber quando irão ter acesso a novos conteúdos. Sendo assim,  defina quantos dias na semana, dia ou no mês terão novos conteúdos e deixe claro para todos. 

Depois que você tiver bem definido o tipo e o formato e qual a frequência de entrega dos posts, ficará muito mais simples produzir e gerenciar todas as outras etapas que envolvem a comunidade. 

Dica 2-  Defina o canal onde você criará sua comunidade 

Quando você já tem definido o conteúdo, o formato e a frequência, é muito importante que você defina o canal onde tudo isso será entregue para a sua comunidade. Para escolher o melhor canal, é necessário que você se atente aos seguintes pontos: 

  • O canal oferece espaço para criação de conteúdo?
  • Existe espaço para interação dos participantes da comunidade?
  • Ele é acessível para a sua persona?
  • Possui ferramentas de engajamento? 

Um bom canal, contempla a maioria desses pontos citados acima.Mas, como o nosso foco aqui são as comunidades ou clube de assinaturas pagas, nós selecionamos 3 canais que são mais usados para este fim: o Close Friends, Perfil Privado no Instagram e o Telegram.

Close Friends

O Close Friends é uma ferramenta do Instagram, muito utilizada para criar uma sensação de exclusividade. Por estar inserido dentro do Instagram, é um canal que não exige muito esforço para a pessoa que deseja fazer parte da comunidade. Afinal, basta ela efetuar a assinatura e ser inserida dentro do grupo. 

Essa facilidade, faz com que o Close Friends seja muito usado pelos criadores de conteúdo. Nele é possível criar e distribuir conteúdos em vídeo e textos curtos, e caso você tenha mais de 10 mil seguidores é possível inserir links enviando para outros locais. 

O Close Friends é ideal para quem produz conteúdo que não precisa ficar salvo e disponível para os membros. Já que tudo que é postado lá, fica disponível apenas por 24 horas.  

Perfil Privado no Instagram 

O perfil privado no Instagram, segue a mesma lógica de um perfil aberto porém com conteúdos exclusivos para os assinantes. A vantagem é que em um perfil privado, você consegue oferecer, além dos conteúdos em formato de stories como no Close Friends, vídeos maiores e posts no feed. 

Você também consegue oferecer conteúdos “eternos” no feed e nos destaques do Instagram. Oferecendo ainda mais possibilidades para os membros da sua comunidade. 

Telegram

Os aplicativos de mensagens como Telegram são opções muito válidas para ter uma comunicação mais direta com os membros da comunidade. Com o Telegram é possível criar grupos e canais para interagir com o seu público e, ainda, permitir o relacionamento destas pessoas entre si. 

Dentro do Telegram é possível enviar conteúdos no formato de: vídeos, artigos, textos e áudios. Além de conseguir criar enquetes e conversas dentro do grupo. Possibilitando ainda mais opções para a criação do seu conteúdo.

Dica 3 – Tenha uma página exclusiva e otimizada para conversão

Depois de definir conteúdo, formato, frequência e canal de distribuição é necessário pensar na venda e divulgação dessa comunidade ou clube de assinatura. Afinal, onde as pessoas conseguirão se cadastrar e efetuar o pagamento da assinatura? 

Não ter uma página exclusiva para as assinaturas da comunidade demonstra fragilidade, desorganização e não passa confiança para os futuros membros. Lembrando que não basta ter uma página de vendas qualquer, ela precisa ser estruturada e otimizada pensando na conversão das pessoas interessadas. E se você estiver pensando que ter uma página é complicado, fique sabendo que não é! 

Com a LastLink você terá uma página exclusiva e otimizada para conversão onde as pessoas interessadas em receber os seus conteúdos exclusivos irão efetuar a assinatura de forma simples, rápida e segura. Incrível, não é mesmo? Clique aqui para saber mais! 

Dica 4 –  Tenha um sistema de gestão de membros 

Sem dúvidas, uma das partes do gerenciamento que mais ocupa tempo é a gestão dos membros da comunidade. Conferir pagamento, liberar acesso ou remover o acesso, cobrar os pagamentos realmente são tarefas que demandam muito tempo e esforço. 

Mas saiba que você não precisa fazer tudo isso. Com a LastLink você consegue:

  • Adicionar e remover automaticamente usuários do seu canal exclusivo;
  • Realizar a cobrança recorrente da assinatura configurada;
  • Apresentar o status de cada pagamento para você acompanhar compras concluídas, pendentes ou em andamento.

Tudo isso de forma simples, e rápida! Se você ainda faz todo esse processo de forma manual porque não conhece a LastLink, clique aqui para conhecer. 

Dica 5 – Tenha canais de comunicação com os membros da sua comunidade

Alguns assuntos referentes aos membros da comunidade precisam ser informados e discutidos de forma individual e com privacidade. É o caso de membros inadimplentes, por exemplo. Ou membros que acabaram de entrar, que também precisam de informações. 

E a melhor maneira de comunicar essas informações de forma individualizada é através dos emails. E para facilitar a sua vida, a LastLink oferece uma ferramenta de e-mails onde você consegue personalizar a automatizar os e-mails de comunicação com a comunidade. 

Dica 6- Divulgue a sua comunidade para atrair mais membros

Com todas as etapas anteriores em ação, é hora de atrair mais membros para a comunidade! Existem várias estratégias, de marketing digital ou não, que você pode usar para conquistar novas pessoas. 

As estratégias que envolvem o marketing digital, sem dúvidas, precisam ser contempladas de alguma forma no seu planejamento. Principalmente os anúncios pagos, que podem trazer ótimos resultados a curto prazo para você. 

As páginas de venda da LastLink, contam com os pixels de rastreamento FB e Google ajudando você a aumentar suas vendas. Com eles, é possível criar estratégias de anúncios de remarketing para impactar as pessoas que já tiveram algum contato com a sua página. Esse tipo de anúncio costuma entregar bastante resultado com um baixo custo. Podendo ser assim, uma ótima estratégia para você. 

Conclusão

Como você pode ter percebido, com as nossas dicas, gerenciar sua comunidade não precisa ser um trabalho moroso e cansativo. Tendo como aliada plataformas como a LastLink, você consegue ter tempo para fazer o que realmente gosta: produzir conteúdo e engajar a sua comunidade! 

Separamos esses posts para você

como-funciona-o-telegram

Como funciona o Telegram

Hoje em dia, com a popularização dos smartphones, é praticamente impossível encontrar alguém que não tenha algum aplicativo de mensagens instalado. O

Crie sua comunidade e comece a monetizar seu conteúdo!